• Feira de Londrina é a maior do país

Giancarlo Franquini

De O DIÁRIO

A cerimônia oficial de abertura da 42ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina e 10ª Edição Internacional aconteceu ontem por volta das 11 horas. Várias autoridades estaduais e federais estiveram presentes e discursaram sobre a importância da agricultura dentro do Brasil. Os organizadores pretendem bater o recorde de público e de volume de negócios até o dia 14, quando se encerra o evento.

O presidente da Sociedade Rural do Paraná, Francisco Galli, abriu a cerimônia falando da importância da feira, considerada a maior da América Latina. Para este ano, cerca de 850 mil pessoas devem passar pelo Parque de Exposições Ney Braga e o número de empresas expositoras cresceu consideravelmente em relação ao ano passado.

No seu último ano à frente da entidade, Galli disse que sai feliz do cargo por ter deixado a feira como a maior do Brasil. ?Conseguimos aumentar o volume de negócios a cada ano, principalmente com outros paises. Fiquei quatro anos na presidência e acredito ter feito um bom trabalho?, completou.

No seu discurso de abertura, Galli enalteceu a mudança nas leis trabalhistas, proposta pelo senador Osmar Dias e também a atitude do governo de impedir as invasões rurais. ?Essas organizações de invasores atrapalham o crescimento agrícola do país?, observou ele.

De acordo com Galli, as mais diversas raças de grandes e pequenos animais passarão pelo recinto de leilões da feira, todos com a mais alta qualidade. Para ele, o agronegócio é hoje peça fundamental da economia brasileira e ainda existe muito espaço para ser conquistado.

O governador do Paraná, Jaime Lerner (PFL), também esteve presente na cerimônia de abertura e afirmou que a exposição é uma prova de tecnologia e qualidade da produção paranaense. Para ele, a feira de Londrina se firmou como a principal do país e é um dos orgulhos do Estado.

A última autoridade a discursar foi o ministro da Agricultura e Abastecimento, Marcus Vinicius Pratini de Morais. Conforme ele, a agricultura é o carro chefe do Brasil e responsável pelo superávit da balança comercial. ?Foram os preços baixos da alimentação que seguraram a inflação?, afirmou.

Segundo o ministro, o Paraná está na ponta da produção agrícola, devido a alta tecnologia implanta nas lavouras. Ele destacou a produção pecuária do Estado, livre da aftosa e responsável que exportou mais de R$ 432 milhões em 2001. ?O Paraná está no caminho, porque a verdadeira riqueza está no campo?, concluiu.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Loterias

  • Números sorteados
  • 9
  • 51
  • 20
  • 24
  • 52
  • 43

Shopping

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.

Receba Notícias por Email