• Idosa com dor de estômago descobre feto de 40 anos na barriga

Uma colombiana de 82 anos procurou um médico para se tratar de dores recorrentes no estômago. E acabou descobrindo que havia um feto de 40 anos em sua barriga. O caso aconteceu em Bogotá (Colômbia) e foi publicado no Daily Mail.

Raio-x mostra "bebê de pedra" na barriga da idosa colombiana

Casos como esse, em que fetos se desenvolvem fora do útero e morrem são chamados de "bebês de pedra". Isso porque um ultrassom revela que os fetos se calcificaram. Trata-se de uma condição rara e que foi documentada no mundo cerca de 300 vezes na literatura médica.

A idosa vai passar por uma cirurgia para remover o feto.

Outros casos

Em 2009, um idosa chinesa de 92 anos descobriu um feto de 60 anos em sua barriga.

O primeiro caso de "bebê de pedra" descrito na literatura médica refere-se a Colombe Chatri, uma francesa que morreu aos 68 anos, em 1582. Na autópsia, o legista descobriu que ela carregava umf eto calcificado há 28 anos.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Loterias

  • Números sorteados
  • 19
  • 23
  • 34
  • 40
  • 41
  • 58

Shopping

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - odiario.com é um parceiro do IG Regionais.

Receba Notícias por Email