• Polícia Civil de Londrina abre inquérito para investigar morte de casal e crê em homicídio seguido de suicídio

  • Pauline Almeida

A Polícia Civil de Londrina abriu um inquérito para apurar a morte do presidente da Cooperativa Agropecuária dos Cafeicultores de Porecatu (Cofercatu) e de sua esposa, encontrados em óbito na manhã desta quarta-feira (24), e trabalha com a hipótese de um homicício seguido de um suicídio.

O delegado Willian Soares informou que os indícios coletados na cena do crime dão conta que Tathiana Name Coleto Simão, 35 anos, teria atirado no peito do marido, José Otaviano de Oliveira Ribeiro, 69, e logo depois se matado com um tiro na cabeça.

"A polícia não descarta nenhuma possibilidade, no entanto, em um primeiro momento, a hipótese mais plausível é de um homicídio, seguido de um suicídio. Não havia sinais de arrombamento, o prédio tem um sistema de segurança rígido, aparentemente efetivo. Parece difícil que alguém tenha entrado, cometido dois homicídios e saído sem ser visto", declarou.

Facebook

Polícia abre inquérito e crê em homicídio seguido de suicídio - Facebook

Casal foi encontrado morto em edifício da Gleba Palhano

Os corpos foram encontrados pela mãe de Tathiana na manhã desta quarta-feira (24), no edifício de luxo Torre Madri, na Rua João Wycliff, na Gleba Palhano, zona sul de Londrina. Ela chegou ao local e estranhou o fato de ninguém vir atender à porta. Preocupada, pediu uma chave do apartamento ao porteiro e encontrou a filha e o esposo mortos.

No quarto do casal foram encontradas uma faca de cozinha e uma pistola calibre 765, que está registrada no nome do presidente da Cofercatu, objeto que teria sido utilizado nos disparos que mataram o casal. O Instituto de Criminalística colheu as evidências encontradas no local e fará exames para detectar se havia resíduos de pólvora na mão de Tathiana.

Segundo o delegado Soares, a mãe da mulher afirmou que o relacionamento do casal não passava por crises. "Ela disse que a Tathiana não tinha motivação para fazer isso. Eles tinham oficializado a relação há dois meses, tinham casado no civil e não havia razão para isso", colocou.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.


Blogs e Colunas

Publicidade

Publicidade

Loterias

  • Números sorteados
  • 41
  • 49
  • 36
  • 42
  • 31
  • 38

Shopping

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.

Receba Notícias por Email